BRS é um serviço de ônibus rápido que será implantado em 21 ruas da cidade do Rio de Janeiro. Começou pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana, ruas Barata Ribeiro e Raul Pompeia. Depois foi inaugurado no Centro da Cidade nas Avenidas Presidente Antonio Carlos, Primeiro de Março, Rio Branco e Presidente Vargas.

Duas das quatro faixas são exclusivas para os ônibus. As linhas são divididas em BRS1, BRS2, BRS3, BRS4 e BRS5. A frota tem um adesivo no vidro da frente para identificação.

São diversos pontos de parada sinalizados por placas e adesivos. Em cada ponto desses, você verá, além dos números BRS, uma lista com o número, a origem e o destino das linhas de ônibus, e um mapa com a localização de todos os pontos.

Os motoristas dos ônibus foram treinados a não parar fora dos pontos, então, pedimos a todos que colaborem respeitando essa norma, para que o BRS funcione bem.

Com a racionalização das linhas, o trânsito vai melhorar e o carioca poderá atravessar os bairro em um tempo até 40% menor

BRS 1 – São as linhas radiais do Consórcio Intersul (cor amarela) e ligam a Zona Sul ao Centro, com pontos de parada na Nossa Senhora de Copacabana, na Barata Ribeiro e na Raul Pompeia.
BRS 2 – São as demais linhas do Consórcio Intersul (cor amarela) com pontos de parada na Nossa Senhora de Copacabana, na Barata Ribeiro e na Raul Pompeia.
BRS 3 – São as linhas que chegam a Copacabana operadas por outros consórcios. As linhas que vêm do Consórcio Internorte são identificadas pela cor verde, do Consórcio Santa Cruz pela cor vermelha e do Consórcio Transcarioca pela cor azul.
BRS 4 – São as linhas do Consórcio Internorte que vai até o Centro do Rio.
BRS 5 – São as linhas dos consórcios Santa Cruz e Transcarioca que chegam ao Centro sem ter que passar pela Zona Sul.

Na frente de cada ônibus existe um adesivo com a sigla BRS e o número de 1 a 5, correspondente à identificação dos abrigos.

Todos os pontos de ônibus contarão com abrigos identificados com o número dos BRS atendidos, de acordo com a origem e o destino da linha. Serão exibidas também informações sobre todas as linhas que param naquele ponto e no entorno.

Este serviço pretende reduzir os congestionamentos. E ainda aumentar os níveis de segurança viária e da velocidade operacional, de 13 km/h para 24 km/h. Os clientes ganharão redução nos tempos de deslocamento de até 40%. A preocupação com a sustentabilidade do meio ambiente também está incluída no projeto. Com a otimização da frota de ônibus, haverá redução de emissão de gases poluentes e a redução do consumo de combustíveis.